É uma das apostas do SBT para 2010.
Ou que eu pensava que ele era.
Até então, eu nunca me tinha dado conta que era vítima de violência no mulheres procurando homem em manuel namoro! .
Quanto eu mais tentava resistir, mais ele me pressionava.Chamaram logo a polícia.Íamos jantar fora e soube imediatamente que, logo que vissem o hematoma na minha cara, não deixariam de me questionar.Uma vez ficou tão furioso que desferiu um murro na parede e partiu as falanges dos dedos da mão.Mas, apesar de tardiamente, acabei por acordar.E a sessões de terapia.Duas semanas após o início do primeiro ano da faculdade, chegou um novo aluno para a nossa turma de biologia.Três meses após o incidente, eu e o Kyle fomos a tribunal.Na faculdade, tentava controlar-me: saber com quem falava, quem me acompanhava.Está sendo produzido um reality show, inspirado no programa internacional Dating in The Dark (Namoro no Escuro, em tradução livre em que os participantes ficam na escuridão e tentam assim, encontrar afinidades.E eu sentia pena dele.Então chamou-o e eu corri para a sala de aula.Mais tarde descobri que o professor falou com ele sobre o seu comportamento violentoe o Kyle acusou-me, uma vez mais, de o meter em apuros!Foi no segundo ano da faculdade que as coisas realmente começaram a piorar e que ele começou a agredir-me constantemente.Confessei-lhes então a discussão e a agressão.
Porque ninguém fala dos nossos hospitais espalhados por todo o mundo, ninguem fala do nosso trabalho social reconhecido pela ONU, ninguém fala de projetos nosso como o vida POR vidas antigo vida, que foi a maior arrecadação de doações de sangue.





E eu, radiante, aceitei. .

[L_RANDNUM-10-999]